Prefeitura adota novas estratégias para Campanha contra o Influenza

Seguindo recomendação do Comitê de Enfrentamento ao Covid-19, unidades farão a imunização em áreas externas. Agendamento e esquema de “drive-thru” já estão em funcionamento. 

Com a declaração da Organização Mundial de Saude (OMS) de pandemia relacionado ao novo agente do coronavírus, que transmite a doença Covid-19, a Prefeitura de Uberlândia adotou novas estratégias para a realização da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, como agendamento e esquemade“drive-thru de vacina. Nesta primeira fase, segundo determinação do Ministério da Saúde, serão vacinados as pessoas acima de 60 anos e os profissionais da saúde.

As medidas visam proteger os idosos, neste primeiro momento, e impedir a aglomeração. Com isso, a Secretaria Municipal de Saúde está realizando o agendamento da vacina dos idosos cadastrados na rede por meio do 0800-940-1480, conforme explicou a coordenadora do Programa de Imunização, Cláubia Oliveira.

“A campanha de vacinação acontece até 22 de maio, período que antecede o início do inverno. Temos tempo hábil para vacinar e proteger toda a população. Os idosos não precisam correr para as unidades agora, nem queremos que eles vão para as unidades. Fiquem em casa que iremos agendar a imunização de todos. São 74 equipes que farão este trabalho durante toda a Campanha. Agora, mais do que nunca, temos que evitar aglomerações”.   

A Secretaria também disponibilizou nas Unidades de Atendimento Integrado (UAI) dos bairros Luizote, Martins, Pampulha, Planalto, Roosevelt e Tibery, um esquema de “drive-thru” de vacina para o idoso que for de carro e ser vacinado sem descer do veículo, evitando contato com outras pessoas.

A coordenadora ainda destacou que os profissionais de saúde também devem-se vacinar nesta primeira etapa. O município tem 74 salas de vacina e todas estarão realizando a Imunização em áreas externas à unidade, ordenando fluxo e seguindo a orientação de manter uma distância mínima de dois metros nas filas, com marcação nos pisos.

Estoque

            Inicialmente, o Ministério da Saúde, que é responsável por providenciar as vacinas aos municípios, enviou, por meio da Superintendência Regional de Saúde (SRS) do Governo de Minas, 25.620 doses a Uberlândia. O volume corresponde a 32% do quantitativo necessário (cerca de 80 mil doses) para atender todos os idosos e profissionais da Saúde da cidade contemplados nesta primeira fase da campanha. Para garantir que o restante das doses sejam enviadas, a Secretaria Municipal de Saúde já enviou ofício notificando a SRS para que providencie e disponibilize imediatamente o quantitativo necessário de vacinas.

Calendário

            Seguindo o calendário do Ministério da Saúde, neste primeiro momento, a vacinação será destinada a idosos (60 anos ou mais) e trabalhadores da Saúde. A partir do dia 16 de abril, será estendida aos professores das escolas públicas e privadas e profissionais das forças de segurança e salvamento.

Por fim, a partir do dia 9 de maio, começa a vacinação dos seguintes grupos: 6 meses a 6 anos; pessoas de 55 a 59 anos; gestantes; puérperas; portadores de doenças crônicas e outras condições especiais; adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas; população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional.

Influenza

Também conhecida como gripe, a Influenzaéumainfecçãoviralagudaqueafetaosistemarespiratório. Se não for tratada a tempo, a gripe pode causar complicações graves e levar à morte, principalmente nos grupos de alto risco. A vacinação que imuniza a população na rede pública é trivalente, ou seja, que protege contra três tipos de Influenza: A (H1N1), A (H3N2) e B.

Assim como no caso da Covid-19, a transmissão ocorre por meio de secreções das vias respiratóriasdapessoacontaminadaaofalar,tossir e espirrar. Também se dá pelas mãos, que, após contatocom superfícies recém-contaminadas por secreções respiratórias, podem levar o agente infeccioso direto à boca, aos olhos e ao nariz.

Deixe uma resposta