Harry e Meghan vão se afastar da Família Real

Segundo Arbiter, antigo porta-voz de Sua Majestade, ela está “muito decepcionada e zangada” com o ocorrido

• Os duques se Sussex anunciaram que vão dar “passo atrás” como membros da monarquia e se afastar das funções oficiais da Família Real

• Pelo menos desde 2018, o casal vem dando sinais de que ficaria cada vez mais distante da rainha

• Em 2019, Harry e Meghan passaram a trabalhar em escritório separado de William e Kate, deixaram Londres e deram entrevistas polêmicas sobre a realeza

• Agora, devem dividir seu tempo entre o Reino Unido e a América do Norte em busca de mais privacidade para criar o filho, Archie

O

Príncipe Harry e sua esposa Meghan Markle, Duque e Duquesa de Sussex, anunciaram através de um comunicado oficial que estão deixando a condição de membros seniores da família real britânica. Após a decisão, eles começaram a trabalhar para se tornarem financeiramente independentes, sem deixar de apoiar a rainha Elizabeth II.

O casal revelou que a decisão veio após meses de reflexão e discussão interna, e que a transição foi escolhida para que possam desempenhar “um novo papel progressivo dentro desta instituição”. Todavia, a monarca não estaria feliz com a decisão.

Em entrevista ao programa televisivo Good Morning Britain, o comentarista da Família Real Britânica e antigo porta-voz de Sua Majestade, Dickie Arbiter, afirmou que a rainha Elizabeth II está mais brava com a decisão do Príncipe Harry e Megan Markle de abandonar deveres reais do que com a entrevista do príncipe Andrew discutindo seu envolvimento no escândalo sexual de Jeffrey Epstein.

Deixe uma resposta