Construção da Trincheira do Trevo Ivo Alves Pereira continua avançando.

Desde o dia 18 de dezembro, cerca de 100 estacas das 400 previstas pelo projeto foram finalizadas.

Dezenas de funcionários e inúmeras máquinas estão mobilizados no setor oeste da cidade para executar mais uma obra prevista pelo Programa Uberlândia Integrada II. Trata-se da construção da trincheira no trevo Ivo Alves Pereira, na avenida Getúlio Vargas, conhecido também como Trevo do Topas.

            A ordem de serviço para a construção da trincheira foi determinada pelo prefeito Odelmo Leão em setembro do ano passado e é conduzida pela Dreste Construtora, empresa escolhida por meio do Regime Diferenciado de Contratação (RDC), um sistema licitatório mais ágil.

           Depois de executar os desvios no trânsito, adaptação das redes de água e esgoto, terraplanagem e os serviços de ferragem, desde o mês passado, os funcionários estão empenhados na perfuração das estacas, que farão parte das paredes laterais da trincheira. Em menos de um mês, cerca de 100 das 400 estacas previstas pelo projeto foram finalizadas.

As estacas são perfuradas através de uma máquina de hélice contínua.Depois da perfuração, uma bomba é a responsável por injetar o concreto na abertura. Por último, acontece a instalação da ferragem. Uma retroescavadeira e um guindaste também são utilizados no processo, além do apoio de um caminhão-prancha e de um caminhão-tanque.

Todos os serviços são fiscalizados pela Secretaria Municipal de Obras e o trecho é ponto de acesso a mais de 15 bairros da região oeste e à MG-497. Após a conclusão, mais de 50 mil motoristas e cerca de 30 mil usuários do transporte público serão beneficiados diariamente.

Uberlândia Integrada

    A trincheira é mais uma intervenção da etapa II do programa Uberlândia Integrada, retomado pelo prefeito Odelmo Leão em novembro de 2018. No total, serão cerca de R$ 240 milhões investidos na construção de pontes, trincheiras, prolongamento de vias e recapeamento.

  O montante é fruto do Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (Finisa), feito junto à Caixa Econômica Federal. A iniciativa consiste no maior pacote de obras viárias da história cidade. Lançado inicialmente em 2011 pelo prefeito, o programa já contemplou diversas melhorias em infraestrutura e mobilidade urbana em sua primeira etapa, como o Corredor Estrutural Leste e o Terminal Novo Mundo.

Deixe uma resposta